dia internacional da mulher

Atualizado: 7 de mar.

o que estamos comemorando?




Diferente do Dia das Mães ou Dia dos Namorados, o Dia Internacional da Mulher vai muito além de celebrar, parabenizar ou homenagear.


A origem da data nos dá o tom. É fruto de vários movimentos, protestos e manifestações de mulheres operárias na Europa, EUA e Rússia no início do século XX, que lutavam por melhores condições de trabalho e o fim do trabalho infantil.


Claro que nós, mulheres, de modo geral, gostamos de receber flores e homenagens. Mas a data exige uma reflexão bíblica profunda acerca do lugar da mulher na família e na sociedade. Uma reflexão que conduza a um necessário reposicionamento dos pensamentos e atitudes de todos nós diante do feminino.


Quando um homem olha para uma mulher como um objeto a ser usado para seu próprio benefício e prazer, ou como um gênero menos capaz, menos inteligente e menos digno que o masculino, está contrariando profundamente o plano do Criador. Machismo sempre será pecado diante de Deus.


Nas relações afetivas, homem e mulher, ambos são interdependentes:

"Entre o povo do Senhor, as mulheres não são independentes dos homens, e os homens não são independentes das mulheres. Pois, embora a mulher tenha vindo do homem, o homem nasce da mulher, e tudo vem de Deus... A mulher não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no o marido; e também da mesma maneira o marido não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no a mulher." (1Co 11:11-12; 7:4, )

Em nenhum lugar das Escrituras vamos encontrar que o marido/noivo/parceiro pode ou deve "mandar" na mulher, subjugá-la, aprisioná-la, ser violento ou exigir que ela o ame. A orientação bíblica é que ELE a ame como Cristo amou sua Igreja e a si mesmo se entregou por ela (Ef 5:25). Jesus JAMAIS obrigou alguém a segui-lo ou exigiu obediência. Homens, ele é o modelo.


Nas relações sociais, mulheres precisam ter seus direitos respeitados - no trabalho, nos estudos, nas transações comerciais, na política, nos cargos de liderança. Direito de ser ouvida, ser assistida, ser respeitada. É inadmissível, por exemplo, que uma mulher ainda receba um salário menor que um homem ao exercer a mesma função.

"Ai daquele que constrói a sua casa com injustiça, e os seus aposentos sem direito, que se serve do serviço do seu próximo sem remunerá-lo, e não lhe dá o salário devido do seu trabalho." (Jr 22:13)

Meu desejo neste 8 de Março é que as mulheres tenham sua dignidade restaurada e respeitada, não só no Brasil, mas também na Ucrânia, na Rússia, no Afeganistão, na Síria, na Nigéria, na Coréia do Norte...


O que você pode fazer hoje para contribuir com esta mudança?


"Pois todos vocês são filhos de Deus mediante a fé em Cristo Jesus. Não há judeu nem grego, escravo nem livre, homem nem mulher; pois todos são um em Cristo Jesus." (Gl 3:26, 28)


Autoria: Márcia Rezende


6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo